Dayse Cristina Oliveira Melo | Comportamento

O meu bebê mama adequadamente?

Confira o primeiro artigo da consultora materna Dayse Melo sobre amamentação.

Publicado em 23/08/2017

Dayse Cristina Oliveira Melo

Dayse Cristina Oliveira Melo - Comportamento

Colunista
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus
O meu bebê mama adequadamente?

Uma das grandes dúvidas que envolvem o processo de amamentação, principalmente as mães de primeira viagem, é se o bebê está mamando o suficiente.

 

Alguns indicadores ajudam aferir essa questão, mas não esgotam os questionamentos maternos.

 

Praticamente toda mulher é, por natureza, apta a produzir leite em quantidade suficiente para sustentar o crescimento e o desenvolvimento do seu filho. Ocorre que, essa alteração na produção muitas vezes não se dá por deficiência do organismo materno, e sim por costumes equivocados ou mesmo por desconhecimento do processo de aleitamento em si.

 

O Aleitamento Materno é um processo de aprendizado para a mãe e para o bebê. ‘Cuidar de ambos’ faz toda diferença para garantir uma amamentação bem-sucedida. Atente-se: “Cuidar de ambos”.

 

Fatores, como o bebê chorar muito, mamadas muito longas, sensação de mama vazia, o leite não sair quando a mãe tenta ordenhar, não são indicativos diretos de que a mãe não tem leite, mas são garantidores dessa mãe ouvir: “seu leite é fraco, entre com complemento, essa criança chora de fome”...

 

Alguns sinais, sim, são preocupantes e indicativos de que tudo deve ser reavaliado, tais como ganho de peso insatisfatório, urina em pequena quantidade e muito concentrada (menos de 6 vezes por dia, amarela e com cheiro muito forte). Obviamente que são “sinais” e devem ser avaliados pelo pediatra, que em conjunto com outros fatores conduzirá a mãe a como cuidar do seu bebê.

 

O mais importante a considerar é que a cada dia mais e mais informações estão sendo veiculadas sobre o processo de amamentação.

 

Ele é de fato um processo que requer compreensão e colocação em prática. Tudo isso? Sim, e com ajuda.

 

Saber se o seu filho mama de forma adequada requer conhecer o aleitamento materno, tão importante para o dia a dia de mãe e bebê.

 

Ter informação e apoio adequado para esse momento faz com que a mãe o conduza com mais tranquilidade e consiga, mesmo que cansada, ter muitos momentos de prazer com seu bebê.

 

Temos a intenção de trazer aos nossos leitores toda semana conteúdo sobre esse grande momento que é a Amamentação.

 

Venha nos visitar e também interagir conosco pelas redes sociais: @amamaenasceuassessoria e @somosmaesdeprimeiraviagem

 

Até semana que vem!

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Sobre o colunista

Dayse Cristina Oliveira Melo

Consultora Materna Especialista em Aleitamento Materno
Consultora do Sono Infantil 
Proprietária da A Mamãe Nasceu Assessoria
Mãe do Henri e esposa do Carlos