Comportamento | NOTÍCIA

Meu bebê tem boa sucção?

Confira o artigo da consultora materna Dayse Melo.

Publicado em 08/12/2017

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Meu bebê tem boa sucção?

Algumas questões importantes envolvem o processo de amamentação. Uma delas é a sucção adequada do bebê.

 

O corpo humano nunca está parado, sempre realiza ações, voluntárias ou não.

 

Existem três reflexos principais que identificamos nos bebês:

 

  • busca e apreensão

  • sucção

  • deglutição
     

O reflexo de busca e apreensão é notado sempre que alguma coisa toca os lábios ou bochechinhas do bebê, pois ele abre a boca, coloca a língua para fora, para baixo, buscando o que tocou nessa região.

 

Este é um reflexo importante para que o bebê busque pelo seio da mãe ao ser estimulado.

 

O reflexo de sucção é desencadeado quando o seio materno toca o palato do bebê, criando uma pressão negativa em todo o complexo areolar, ordenhando com os movimentos peristálticos da língua.

 

A sucção tem um padrão diferenciado para cada bebê. Importante que isso seja avaliado por um profissional capacitado.

 

Alguns bebês apresentam uma coordenação da sucção um pouco imatura e devem ser estimulados, para que aprendam a fazê-la corretamente.

 

Os bicos artificiais dificultam uma sucção adequada, porque o uso deles estimula músculos faciais diferentes daqueles usados quando amamentado no seio.

 

Os reflexos de sucção podem ser observados na vida intrauterina. São recorrentes ultrassonografias com bebezinhos chupando dedo.

 

Já o reflexo de deglutição é desencadeado pós-drenagem do leite para a boca do bebê. Este é coordenado com a respiração.

 

A capacidade de alimentação eficiente do bebê advém da coordenação desses três reflexos. E, se alguma disfunção oral dificultar esse processo, quanto mais precocemente for tratado, mais facilmente será revertida, dando início ao padrão correto para a amamentação.

 

O ideal é que um profissional capacitado avalie a sucção do bebê para tranquilizar a mãe de que o processo precisa apenas ser desenvolvido por aprendizado entre a díade mãe e bebê, não havendo nenhuma disfunção.

 

Quando surgirem dúvidas sobre essas questões consulte um especialista para que a sua amamentação seja bem-sucedida.

 

Siga-nos no Instagram @amamaenasceuassessoria e @somosmaesdeprimeiraviagem

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus